“Em tempos difíceis, fazemos amigos”: projeto do CRF/MS busca aproximar profissionais em meio a pandemia de Covid-19 - Farmácia - Notícias - CRF-MS

segunda, 06 de julho de 2020 às 16h26

“Em tempos difíceis, fazemos amigos”: projeto do CRF/MS busca aproximar profissionais em meio a pandemia de Covid-19

A iniciativa é direcionada para farmacêuticos de unidades hospitalares públicas ou privadas de MS

A situação dos brasileiros mudou. Seja estando em casa, em quarentena, ou indo para o trabalho todos os dias, as realidades brasileiras estão diferentes em vários ângulos devido a pandemia do novo coronavírus. Quem está na linha de frente desse combate, precisa se desdobrar todo dia para manter a motivação no trabalho e encarar as novas dificuldades, como no caso dos farmacêuticos.

Por isso, o projeto CRF/MS Ligado em Você: “Em tempos difíceis, fazemos amigos”, promovido pelo CRF/MS, busca aproximar os profissionais farmacêuticos que estão em atuação neste momento de pandemia. Um gesto simples, como uma ligação, pode fazer a diferença e acalentar o ser humano por trás do profissional.

Com o objetivo de humanizar as relações entre CRF/MS e farmacêuticos, o projeto é voltado para profissionais de unidades hospitalares públicas e privadas.

A coordenadora do projeto e fiscal do CRF/MS, a farmacêutica Márcia Adriana Menezes da Silva, explica que a ideia surgiu a partir da busca dos farmacêuticos de unidades hospitalares em cidades com alta incidência do novo coronavírus. “A ideia vem da humanização, e por isso, procuramos enquanto Conselho saber do bem-estar familiar e do bem-estar no trabalho dos profissionais”.

Por terem mais contato com o novo coronavírus, Márcia entrou em contato com os farmacêuticos responsáveis técnicos das unidades para saber das realidades dos profissionais e fazer um trabalho de aproximação. “Trabalho há anos na fiscalização e fiquei muito surpresa e feliz de ligar e ver que os profissionais também ficavam felizes com o contato do Conselho, de querer saber como eles estão e do bem-estar deles”.

O vice-presidente do CRF/MS e também supervisor da fiscalização, Renato Finotti Júnior, complementa que o projeto alinha o propósito do Conselho de fiscalização à preocupação com as condições de trabalho. “Nossa preocupação é a segurança do farmacêutico que está na frente da batalha”.


Como funciona

A fiscal do CRF/MS entra em contato com os farmacêuticos a partir de ligações telefônicas, aplicando um questionário referente à pandemia e principalmente, para demonstrar afetividade, companheirismo e empatia com o profissional sobre seu bem-estar no trabalho.

Com o questionário aplicado, que todos os funcionários aceitaram realizar, está sendo possível mapear o cenário dos profissionais que estão atuando em tempos de Covid-19 e também nortear futuras orientações e apoio aos farmacêuticos no enfrentamento da pandemia.

Com a utilização de poucos recursos, como um telefone e um computador, a fiscal pode ter um contato mais próximo com o profissional. O interesse do CRF/MS, com a ação, é estar presente neste momento de pandemia.

O questionário e a documentação dos farmacêuticos também podem servir não apenas para o setor de fiscalização como para outros setores do Conselho, como indicadores, tabelas, porcentuais e perfis de assistência farmacêutica, norteando orientações e diretrizes.

Fonte: Comunic.ativa Assessoria de Imprensa - CRF/MS - Imprimir

Voltar

Notícias relacionadas

quinta, 06 de agosto de 2020 às 09h32 | Farmácia

Campanha: Meu Pai Farmacêutico!

quarta, 05 de agosto de 2020 às 10h18 | Farmácia

CRF/MS realiza LIVE sobre Serviços de Secretaria

Av. Rodolfo José Pinho, 66 - Campo Grande - MS | 79004-690 - (67) 3325-8090 - crfms@crfms.org.br

Desenvolvido pela dedicada equipe